Cedro Australiano(Toona Ciliata)

Originário do Continente Australiano, uma das exóticas mais resistente a pragas e doenças existentes no Brasil. Madeira nobre, muito atraente, empregada em larga escala na América, Europa e Austrália, devido a suas excelentes características físicas. Apresenta taboado com graduação de cores que vai do amarelado, marrom a tons avermelhados. É empregada na movelaria, decorações de interiores, portas, janelas, painéis,etc. Tem sido muito cultivado no Brasil ultimamente, devido as grandes restrições de exploração de madeiras nobres de nossas florestas. O seu plantio é incentivado(linhas de financiamento) pelo Governo Federal, como forma de preservação de nossas matas. Não necessita de autorização para plantio, o qual é feito como uma cultura qualquer e o corte exige uma simples autorização do orgão Estadual(IEF), como atualmente é feito para Eucalípto e Pinus. Seu corte seletivo começa aos 8 anos aproximadamente e o corte total se dará aos 10/12 anos. Após o corte há rebrota acima de 80%, propiciando novo ciclo. Em comparação com o Eucalípto para carvão, sendo ambos bem cultivados, apresenta lucro entre 50 e 80 vezes maior e até mais. No entanto os custos para o plantio, manutenção e colheita são muito parecidos. É uma verdadeira aposentadoria antecipada para os jovens e segurança para o futuro dos já maduros e idosos.

Foto do Viveiro Camapuã
Foto do Viveiro Camapuã
Foto do Viveiro Camapuã
Cedro com 5 anos e 4 meses.

Viveiro Camapuã 2017 - Entre Rios de Minas - MG. Todos os direitos reservados