Mamica de Porca (Zanthoxylum rhoifolium Lam)


Nomes Populares: mamica de porca, mamica-de-cadela, maminha, mamiqueira, jubebê, juvevê, teta-de-cadela, tembetari, juva, juvevê, espinho de vintém, tinguaciba, guarita, tamanqueira, etc.

Nativa da Mata Atlântica, secundária, podendo atingir até 12 m de altura. Seu tronco e galhos são espinhentos. Madeira leve, dura, flexível, pouco durável em ambientes externos, principalmente se em contato com solo e umidade. Sua madeira é própria para construção civil, marcenaria, carpintaria, carrocerias, remos e cabos de ferramentas.

A árvore é muito ornamental, principalmente pela forma e densidade da copa, proporcionando boa sombra, podendo ser empregada no paisagismo, principalmente para a arborização urbana. Suas flores são muito atrativas às abelhas, melíferas. Os frutos são consumidos por algumas espécies de pássaros. É também indicada para a composição de reflorestamentos mistos destinados ao repovoamento de áreas degradadas e de preservação permanente.

É uma nativa ótima para plantios mistos em áreas degradadas e na recomposição da Reserva Legal(RL) e Áreas de Preservação Permanente(APP), em atendimento ao Novo Código Florestal Brasileiro.

Viveiro Camapuã 2017 - Entre Rios de Minas - MG. Todos os direitos reservados