Monjoleiro (Senegalia polyphylla)

Nomes populares: monjoleira, monjolo, juqueri-guaçu, paricá-branco, paricarana-de-espinho, etc.

Espécie leguminosa, arbórea com 15-20 m de altura, dotada de copa baixa e densa; tronco com 40-60 cm de diâmetro, revestido por casca acinzentada com ritidoma lenticelado. Ocorre naturalmente da Região Amazônica até o estado do Paraná.

Madeira moderadamente pesada, mole, porém resistente à serra. É própria para marcenaria, torno e obras internas. Além disso, a casca serve para curtir couro.

Planta nativa pioneira. Sua ocorrência é expressiva em todos os estágios sucessionais, principalmente, nas encostas e topos de morros de terrenos pedregosos. Sua copa frondosa somada a beleza das flores permite que seja empregada no paisagismo urbano e na arborização rural.

Por ser uma espécie pioneira e rústica, é essencial em reflorestamentos mistos em áreas degradadas e na recomposição da Reserva Legal (RL) e Áreas de Preservação Permanente (APP), em atendimento ao Novo Código Florestal Brasileiro.

Viveiro Camapuã 2017 - Entre Rios de Minas - MG. Todos os direitos reservados